12/12/2008

" Desejo "

Desejo o teu colo
E nele relaxar
E no leito do teu colo
Voltar a sonhar
Sentir o calor da tua alma
E nessa calma
Ouvir o bater do teu coração
E nesse aconchego -me de emoção
Sentir o deslizar das tuas mãos
Num acolhedor abraço
Descansar o meu corpo morto de cansaço
Reconhecer a tua voz
Neste silêncio atroz
Na suavidade do luar
Soletra-te uma poesia
Um poema de amar
Ao som de uma melodia

3 comentários:

..O Amor verdadeiro é assim ama-se sem restrições.. Ficaràs para sempre em meu coração..



" Obrigada ,
A todos por comentarem
Uma leve brisa de AMOR ,
Para todos voces
Voltem sempre, Jinhoss "