11/01/2009

" Voar "


No silêncio da noite
Dispo a alma do sonho
Danço na solidão
Sem ritmo no coração
Vou planando
Nesta minha solidão
As lágrimas vão caindo
Numa valsa de chuva
Nesta noite sem lua
Escura sem sensações
Esqueço a razão
Desta minha solidão
No céu negro
De asas abertas vou voar
Até os teus braços encontrar
Dispo a alma do sonho
A solidão que me apoquenta
Renascer em paz
Com a força da natureza sou capaz
As nuvens deixam de chorar
A lua volta a brilhar
As estrelas vão resplandecer
E nos teus braços vou pousar
Os teus lábios beijar
Sem nunca mais te inventar…

7 comentários:

  1. Prêmio lá no blog para vc.

    beijooo.

    Obrigada pela sua visita.

    ResponderEliminar
  2. " Obg. a voces , são palavras simples e quando se ama tudo fica mais facil ..Tb gostei imenso do vosso espaço parabéns..Voltem sempre."

    Beijinhos

    ResponderEliminar

..O Amor verdadeiro é assim ama-se sem restrições.. Ficaràs para sempre em meu coração..



" Obrigada ,
A todos por comentarem
Uma leve brisa de AMOR ,
Para todos voces
Voltem sempre, Jinhoss "